Sonda chinesa de Marte conclui tarefas predefinidas de exploração

Orbitador da Tianwen-1 tem operado normalmente há 706 dias

Créditos: Administração Espacial Nacional da China/divulgação via Xinhua

Tanto o orbitador quanto o rover da sonda chinesa Tianwen-1 completaram as missões predefinidas de exploração científica, anunciou a Administração Espacial Nacional da China (CNSA), na quarta-feira.

O orbitador da Tianwen-1 tem operado normalmente há 706 dias, adquirindo os dados de imagem de resolução média que cobrem todo o globo de Marte, com todas as suas cargas científicas realizando pesquisa global, informou a CNSA.

Até agora, o orbitador já percorreu Marte 1.344 vezes. Para futuras missões, continuará realizando a pesquisa de sensoriamento remoto de todo o globo e expandindo experimentos tecnológicos, explicou a CNSA.

A sonda Tianwen-1 consiste em um orbitador, um módulo de pouso e um rover batizado Zhurong. Em 15 de maio de 2021, aterrissou na área de pouso pré-selecionada em Utopia Planitia, uma vasta planície marciana, marcando a primeira vez que a China pousa uma sonda no planeta.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.