Sonda chinesa Chang’e-5 pousa na Lua

Espaçonave vai ficar em superfície lunar por 48 horas

A Administração Espacial Nacional da China (CNSA, na sigla em inglês) anunciou que a sonda Chang’e-5 pousou na Lua com sucesso nesta terça-feira, uma semana após o lançamento.

O pouso aconteceu na área pré-selecionada Oceanus Procellarum, conhecida como “Oceano das Tempestades”. Espera-se que a espaçonave recolha 2 kg de amostras e lacre o material em um trabalho de 48 horas na superfície lunar.

Depois disso, o ascensor vai decolar e se unir a combinação orbitador-retornador, que ficou na órbita da Lua. Após transferir as amostras para o retornador, a combinação vai se separar e voltar para a Terra, pousando na Bandeira de Siziwang, na região da Mongólia Interior.

A China é o terceiro país a recolher material da Lua, depois dos Estados Unidos e da Antiga União Soviética.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.