Robô de inteligência artificial tem exposição de arte em Pequim

A mostra, que fica aberta no Museu de Arte da Academia Central de Belas Artes de Pequim até o dia 12 de agosto, é composta por obras originais criadas pelo artista-robô

O Museu de Arte da Academia Central de Belas Artes de Pequim está recebendo uma exposição de obras de arte criadas por um robô de inteligência artificial. Aberta desde o dia 13 de julho, a exposição “Mundos Alternativos” fica em cartaz até o dia 12 de agosto. De acordo com uma entrevista que Qiu Zhijie, curador da mostra, deu ao jornal China Youth Daily, o nível artístico do robô é comparável ao de um aluno de pós-graduação de belas artes.

“Ao invés de cópias de obras já existentes, as pinturas são 100% originais”, afirmou Li Di, vice-diretor do Centro Asiático de Tecnologia de Pesquisa da Microsoft baseado em Pequim, local onde o artista-robô foi desenvolvido. Nos últimos 22 meses, um banco de dados com mais de 5 mil obras feitas por 236 renomados artistas nos 400 anos de história da arte foi transferido para o robô, que usando esse acervo, consegue criar obras originais para exposições artísticas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.