Retomada do trabalho em epicentro da COVID-19 na China é melhor do que o esperado

Com políticas de apoio, taxa de retomada das empresas industriais em Wuhan chega a 97%

Trabalhadores retomam construção de linha de metrô em Wuhan.

A retomada do trabalho e da produção em Wuhan, cidade que foi considerada o epicentro da epidemia do coronavírus na China, está sendo “mais rápida e melhor do que o esperado”, segundo Hu Yabo, vice-prefeito executivo do município.

A taxa de retomada do trabalho das empresas industriais na capital da Província de Hubei atingiu 97,2% até sábado. Além disso, 93,2% das principais empresas de serviços retomaram os negócios.

Wuhan introduziu uma série de políticas de apoio, como a cooperação com instituições financeiras para estabelecer um fundo de 20 bilhões de yuans (US$ 2,82 bilhões), o fornecimento de subsídios e o corte de taxas para ajudar as empresas afetadas pela epidemia a superar as dificuldades.

“A epidemia trará dores ao desenvolvimento socioeconômico de Wuhan em curto prazo, mas não mudará a dinâmica de crescimento sólida de longo prazo da cidade”, disse Hu.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.