Réplica de Pavilhão das Peônias será construída na cidade natal de Shakespeare

O projeto faz parte de uma parceria realizada entre a China e a Grã-Bretanha, que também construirá uma réplica da casa da família do dramaturgo britânico em Fuzhou

“O Pavilhão das Peônias”, ou Mudan Ting, em mandarim, é uma obra-prima do dramaturgo chinês Tang Xianzu (1550-1616) da dinastia Ming. Uma réplica do pavilhão, baseada nas ilustrações que aparecem nas cópias antigas da obra, será construída em Stratford, a cidade natal de William Shakespeare. A construção é parte das atividades que estão sendo realizadas em conjunto pela China e pela Grã-Bretanha para homenagear Shakespeare e Tang.

Há 400 anos, quando Shakespeare escreveu os seus sonetos, Tang Xianzu compunha seus versos com um pincel a 6 mil km de distância. Os acordos de intercâmbio cultural assinados pelos países dos dois autores, preveem não apenas a construção da réplica do pavilhão onde a história de Tang se passava em Stratford, como também a de uma réplica da residência da família de Shakespeare em Fuzhou, cidade de Tang.

Zeng Gonglin, vice-diretor do departamento de construção de Fuzhou, disse que o pavilhão será aberto em abril, durante as atividades comemorativas do 455° aniversário de nascimento de Shakespeare. O pavilhão terá uma área de 10 m² e uma altura de 6m. Ele ainda afirmou que as fundações, feitas de pedra, e a estrutura principal, feita de madeira, serão construídas na China e transportadas para a Grã-Bretanha nos próximos dias.

Com o intuito de promover o intercâmbio cultural, Fuzhou está construindo uma área de arte com o nome de “San Weng”, que significa literalmente “Três Anciãos”, dedicado a Tang, Shakespeare e o espanhol Miguel de Cervantes Saavedra. Os três escritores morreram em 1616.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.