Quebra-gelo chinês está pronto para expedição antártica após revisão

A expedição será a 36ª que a China fará na Antártica e ela será realizada ao lado do Xuelong 2, o primeiro quebra-gelo de fabricação chinesa

O quebra-gelo de pesquisa Xuelong (ou Dragão de Neve) voltou para Xangai depois de receber uma revisão completa e já está pronto para a 36ª expedição antártica do país, pelo que disse o Ministério dos Recursos Naturais do país. O navio deverá partir no dia 22 de outubro, ao lado do Xuelong 2, primeiro quebra-gelo polar de fabricação nacional da China.

A revisão, que começou em maio no Estaleiro do Jiangnan Group em Xangai, é a terceira grande manutenção do navio desde 2007. Foram feitos quase 400 trabalhos de reparo, concentrados principalmente no casco, pintura, turbinas, equipamentos elétricos, tubulação de navio, esfriamento de ar e sistema de equipamento. Depois da manutenção e trabalho de renovação, as estruturas do casco do Xuelong foram fortalecidas e seus equipamentos de pesquisa ainda mais aperfeiçoados, disse a pasta.

A China comprou o Xuelong da Ucrânia em 1993 e o transformou num navio de pesquisa polar. Ele é capaz de quebrar gelo de até 1,2 m de espessura a uma velocidade de 1,5 nós. Desde que realizou sua primeira viagem às regiões polares, ele conduziu 22 expedições antárticas e nove expedições árticas, desenvolvendo rotas marítimas árticas e estabelecendo uma série de recordes de navegação. O navio chegou até 88,26° de latitude norte e 77,35° de latitude sul.

Em 11 de julho, o primeiro quebra-gelo polar de fabricação nacional da China Xuelong 2 foi entregue em Xangai, o que, de acordo com o ministério, impulsionará a pesquisa polar e as capacidades de expedição da China.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.