Quarta Exposição Internacional de Importação da China terá mais de 100 obras de arte estrangeiras

Evento contará com política de isenção de impostos da zona franca de Xangai

Uma grande abóbora criada pela artista japonesa de vanguarda, Yayoi Kusama, foi transportada na segunda-feira para o salão da 4ª Exposição Internacional de Importação da China (CIIE) de um depósito aduaneiro na Zona Franca de Xangai.

A alfândega informou que mais de 100 obras de arte do exterior deverão ser expostas na edição deste ano através da zona franca da cidade, graças a políticas de isenção de impostos feitas sob medida para o evento. Wang Jiaming, vice-diretor de uma empresa de investimento cultural internacional registrada na Zona Franca, disse que as instituições de arte estrangeiras estão muito entusiastas em participar do evento este ano.

Entre as peças, encontram-se muitas obras de arte “pesadas”, incluindo pinturas, esculturas, obras de arte contemporânea e relíquias culturais, acrescentou Wang. Para promover ainda mais o volume de comércio de obras de arte e o retorno de relíquias culturais, foi criada este ano uma seção cultural na área de exposição de comércio de serviços.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.