Qualidade ecológica da vegetação melhora na China entre 2000 e 2019

Relatório também revelou que 93% das áreas do país sofreram um aumento médio anual de temperatura

Entre os anos de 2000 e 2019, a China testemunhou uma melhoria na qualidade de sua vegetação. É o que mostra um relatório ecológico e meteorológico nacional emitido pela Administração Meteorológica da China e divulgado pelo jornal China Science Daily na quinta-feira.

O relatório mostrou que desastres meteorológicos, incluindo secas, tufões e inundações, tiveram uma leve influência sobre o crescimento da vegetação na China. Pastagens, florestas e lavouras foram beneficiadas a crescer.

De 2000 a 2019, 93% e 80,6% das áreas do país sofreram um aumento médio anual de temperatura e um aumento anual de precipitação. O bom estado hidrotérmico, com proteção e restauração ecológicas promovidas, impulsionou o desenvolvimento da qualidade ecológica da vegetação.

Desde 2000, a produtividade primária líquida da vegetação nacional melhorou anualmente em 3,6 gramas de carbono para cada metro quadrado. O aumento médio anual da cobertura vegetal foi de 0,25%.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.