Província chinesa eliminará venda de veículos movidos a petróleo até 2030

De acordo com o governador de Hainan, a partir de 2019, todos os veículos públicos adicionados ou substituídos serão de nova energia

A província de Hainan, no extremo sul da China irá eliminar gradualmente as vendas de veículos tradicionais movidos a petróleo em todo o seu território até 2030, segundo uma declaração feita pelo governado da província, Shen Xiaoming, durante o Congresso Mundial de Veículos de Nova Energia de 2019. A província já estabeleceu metas específicas para promover, durante esse tempo, o uso de veículos de nova energia.

A partir de 2019, todos os veículos que são adicionados ou substituídos no setor de serviço público, incluindo carros e ônibus do governo, usarão energia limpa. Até o ano de 2030, as vendas de veículos que consomem petróleo não estarão mais disponíveis em nenhum lugar da província. De acordo com Shen, Hainan acelerará a construção de instalações de carga para satisfazer as necessidades dos novos veículos de energia limpa. Até o ano de 2025, a proporção entre o número de carros elétricos e postos de recarga será de dois para um.

As estatísticas mostram que a província construiu mais de 4,6 mil instalações de recarga de carros elétricos. Até o final de 2018, Hainan tinha aproximadamente 23 mil veículos de nova energia circulando pela província, o que representa 1,8% do total de veículos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.