Propagação de coronavírus em Pequim está “basicamente sob controle”

Apenas 10 dos 256 novos casos confirmados estão em condições graves, o que é considerado pelos especialistas como “uma proporção baixa”

De 11 a 23 de junho, Pequim registrou 256 casos confirmados de COVID-19 transmitidos localmente. Destas confirmações, 253 estão relacionadas ao mercado de alimentos Xinfadi. Com a adoção de medidas de combate e controle, autoridades da capital chinesa avaliam que a propagação agora está “basicamente sob controle”.

Xu Hejian, porta-voz do governo municipal de Pequim, disse em uma entrevista coletiva que a capital chinesa ainda está enfrentando uma “complicada situação epidêmica” com descobertas de clusters em famílias e locais de trabalho e casos esporádicos dentro da comunidade.

Apenas 10 dos 256 casos são pacientes em condições graves ou críticas. Para o chefe da Comissão Municipal de Saúde da cidade, Lei Haichao, trata-se de “uma proporção baixa em comparação com os casos confirmados antes de 31 de março no continente chinês”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.