Projeto de proteção dos leopardos-das-neves é lançado na China

Entre os planos de ação estão o aumento de patrulhas, a preservação de habitats e uma maior conscientização pública

Um projeto piloto para a proteção dos leopardos-das-neves foi lançado na última semana no leste das montanhas de Tianshan, na Região Autônoma Uigur de Xinjiang, que é um habitat importante da espécie. A administração local de florestas e vida selvagem assinou o memorando de cooperação com o escritório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) em Pequim.

He Bing, gerente do projeto de leopardos-das-neves no escritório do WWF em Pequim, afirmou que o plano piloto em Xinjiang conta com a instalação de mais câmeras infravermelhas na região, o treinamento de funcionários de proteção da espécie, o aumento de patrulhas, a preservação de habitats e o aumento da consciência pública via fóruns, seminários e documentários.

Na China o leopardo-das-neves é um animal protegido classe A, sendo que a União Internacional para a Conservação da Natureza o categoriza como vulnerável. Entre os motivos que causaram a diminuição da população global de leopardos-das-neves estão a caça ilegal, a fragmentação do seu habitat e a redução das presas.

“O leopardo-das-neves é uma espécie no topo da agenda de proteção para o WWF. Lançamos programas na maioria dos países onde esses animais vivem, como Rússia, Mongólia e Nepal”, comentou He. Na China, o programa de proteção desses animais teve início em 2016.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.