Projeto de alimentação nas escolas beneficia quase 1 milhão de crianças na China

A iniciativa tem como objetivo garantir que crianças de áreas carentes ingiram as proteínas necessárias para um crescimento saudável

Um projeto de alimentação na escola, que foi lançado há 10 anos pela Fundação Chinesa para o Alívio da Pobreza, teve investimento governamental de 280 milhões de yuans (US$ 40,4 milhões) e beneficiou 936 mil crianças chinesas de áreas necessitadas. O objetivo da iniciativa é de ajudar as crianças de regiões rurais pobres a ingerir a quantidade diária de proteína necessária para o crescimento saudável.

Foram fornecidas quase 51 milhões de porções diárias de produtos lácteos suplementares para os alunos beneficiados pelo projeto, além de terem sido construídas cantinas padronizadas em escolas rurais. O projeto abrange atualmente 14 regiões de nível provincial, entre elas, Yunnan, Guizhou, Sichuan e Xinjiang.

No total, cerca de 310 milhões de yuans foram arrecadados em doações em todos os anos em que o projeto existe, sendo que cerca de 70% delas foram contribuições públicas. Segundo a fundação, mais de 32 milhões de yuans foram usados para ajudar crianças de outros países, como Camboja e Gana.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.