Produção industrial da China atinge recorde em 2018

De acordo com o ministro da Indústria e Tecnologia da Informação, Miao Wei, a produção industrial superou os 30 trilhões de yuans

Pela primeira vez, a produção industrial anual da China superou os 30 trilhões de yuans (US$ 4,4 bilhões) em 2018, quando foram registrados um crescimento estável dos lucros e um crescimento do investimento estrangeiro, segundo Miao Wei, ministro da Indústria e Tecnologia da Informação. Tal quantia é cerca de um terço do PIB anual do país, que cresceu 6,6% em relação a 2017, chegando a 90,03 bilhões de yuans.

Miao indicou que a produção das principais empresas industriais cresceu a uma taxa estável de 6,2%, mas que os benefícios conjuntos aumentaram em 10,3% e que a margem de lucro cresceu em 6,49% nas atividades primárias, um valor 0,11% acima do ano anterior. O investimento no setor industrial também avançou de maneira estável, com um aumento de 6,5% em 2018, um valor 2,7% maior que em 2017.

“O investimento em manufatura subiu 9,5% em 2018, o maior crescimento desde julho de 2015, o que é uma aceleração pelo nono mês consecutivo”, afirmou o ministro. Ele ainda afirmou que o setor da manufatura em geral é basicamente aberto ao investimento estrangeiro, ressaltando que no ano passado, novas medidas foram postas em prática para eliminar as restrições sobre os fundos que vêm do exterior em setores como a construção naval, a fabricação de aeronaves e a fabricação de veículos de nova energia.

O país acelerou os esforços de abertura, o que fez com que o investimento estrangeiro direto na indústria crescesse 22,9% em 2018, atingindo US$ 41,2 bilhões. Miao ainda afirmou que a China continuará avançando no desenvolvimento da indústria manufatureira de alta qualidade, expandindo o mercado interno e apoiando o crescimento em áreas como veículos, veículos de nova energia, construção de cruzeiros e fabricação de instalações de esportes de inverno.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.