Primeiro remédio chinês para HIV chega ao mercado internacional

O Aikening foi aprovado na China em 2018

O primeiro medicamento desenvolvido pela China para o tratamento da infecção de HIV foi aprovado pela autoridade sanitária do Equador, segundo o produtor farmacêutico Frontier Biotech. O remédio pode ser usado com outras drogas antirretrovirais para tratar pacientes com o vírus.

O Aikening, ou albuvirtide para injeção (ABT), foi aprovado pela Administração de Alimentos e Medicamentos da China em 2018. O acesso ao mercado do Equador é a primeira entrada do medicamento no mercado exterior. 

Testes clínicos indicam que o Aikening é eficaz contra as principais cepas do HIV, incluindo vírus resistentes, e que a eficácia é duradoura.

A empresa chinesa disse que planeja exportar a droga para mais de 60 países da Ásia, África, Europa e América do Sul.

O mercado global de drogas anti-HIV cresceu de US$ 22,9 bilhões em 2013 para US$ 34 bilhões em 2018, e deve expandir para US$ 46,7 bilhões até 2023.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.