Primeiro-ministro da China pede discussões sobre problemas da economia mundial

Li Keqiang falou sobre o assunto em uma reunião com o presidente do Fórum Econômico Mundial durante o Davos de Verão

Li Keqiang e Klaus Schwab

Li Keqiang, premiê-chinês, solicitou que as discussões entre todas as partes sobre os problemas que a economia mundial está enfrentando sejam intensificadas para que o desenvolvimento e a prosperidade comuns sejam alcançados. O pedido de Li foi feito em uma reunião com Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do Fórum Econômico Mundial, durante o Davos de Verão.

A cooperação da China com o Fórum Econômico Mundial, segundo Li, não apenas oferece uma plataforma de comunicação entre os círculos empresariais chineses e de outros países, como também abre uma janela para que o mundo consiga entender melhor o país asiático. Ele ainda afirmou que a China está disposta a trabalhar com o Fórum Econômico Mundial e com todas as partes para discutir, conjuntamente, os problemas que enfrenta a economia mundial e para promover a constante melhora do sistema de governança global.

“Para enfrentar as oportunidades e desafios provocados pela nova rodada de revolução industrial e inovação tecnológica, todas as partes devem unir forças para promover um crescimento sustentável e abrangente da economia global, garantir em conjunto o multilateralismo e livre comércio, e criar um ambiente saudável para a recuperação econômica e crescimento estável do mundo”, assinalou o primeiro-ministro.

Schwab, por sua vez, disse que o fórum de 2018 será o maior até o momento, o que é uma evidência da importância que todas as partes dão ao evento anual. Ele ainda afirmou que o Fórum Econômico Mundial está disposto a ampliar as cooperações com a China, apoiar a globalização e o multilateralismo e promover uma estrutura de governança global com base nas regras.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.