Prestigiada universidade chinesa está desenvolvendo vacina contra novo coronavírus

A equipe de pesquisa está confiante no desenvolvimento da vacina, que, de acordo com as previsões, deverá levar 40 dias para ficar pronta

Pesquisadores da prestigiada Universidade Tsinghua estão acelerando o desenvolvimento da vacina para o novo coronavírus, que até a última quinta-feira (30) causou 7.711 casos confirmados de pneumonia no país. Zhang Linqi, chefe da equipe de pesquisa e professor da Escola de Medicina da universidade, disse que desenvolver uma vacina contra o vírus será muito mais fácil do que produzir uma contra o HIV.

“HIV varia enormemente, mas o novo coronavírus não”, disse Zhang, também cientista líder na pesquisa do HIV. Além disso, a maioria das pessoas infectadas pode se recuperar rapidamente, indicando que o corpo humano pode produzir uma forte resposta imune contra a infeção do coronavírus. “Por isso, acho que o desenvolvimento da vacina do vírus será mais confiável e eficiente”, afirmou ele.

A Universidade Tsinghua tem acumulado rica experiência durante os últimos anos em desenvolver vacinas e agentes contra coronavírus que podem infectar humanos, incluindo o vírus da síndrome respiratória aguda grave (SARS, em inglês). Em 2019, Zhang liderou uma pesquisa que produziu uma vacina contra o vírus da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS, em inglês).

É previsto que a equipe leve ao menos 40 dias para desenvolver uma vacina candidata contra o novo coronavírus, com a ajuda da nova tecnologia de vacina. Os pesquisadores estão também trabalhando com os hospitais em todo o país para realizar ensaios clínicos nos pacientes curados da doença.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.