Presidente chinês incentiva minoria étnica a construir um futuro melhor

Xi Jinping respondeu uma carta que pessoas da minoria étnica Dulong escreveram para ele falando sobre como conseguiram sair da pobreza

O presidente chinês Xi Jinping incentivou as pessoas da minoria étnica Dulong, que vive numa área remota na província de Yunnan, a construírem uma boa terra natal, proteger a fronteira e criar um futuro melhor. A declaração de Xi, que também é secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central, foi feita por meio de uma carta em que ele responde a esse povo.

Na carta enviada pelas pessoas de Dulong, eles contaram ao presidente que a minoria como um todo foi tirada da pobreza em 2018 e que os aldeãos estavam desfrutando de uma vida melhor. Em sua resposta, Xi afirmou estar muito contente com a notícia e parabenizou os cidadãos: “Permitir que as pessoas de todos os grupos étnicos tenham uma vida boa tem sido o meu desejo e nossa meta comum”.

Após a fundação da Nova China, em 1949, o povo de Dulong deixou a vida primitiva para trás. Agora eles não vivem na pobreza que existiu por muito tempo. “Isso demonstra vividamente que o sonho da população de viver uma vida feliz seguramente irá se realizar com a forte liderança do Partido e com esforços conjuntos das massas amplas do povo”, disse Xi em sua carta. “A erradicação da pobreza é apenas o primeiro passo, melhores dias virão”.

Dulong é um dos menores grupos étnicos da China e vive nos desfiladeiros ao longo do rio Dulongjiang, em Yunnan, área que foi listada como uma das regiões menos desenvolvidas do país. Os seis vilarejos administrativos na vila de Dulongjiang erradicaram a pobreza como um todo no ano passado.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.