Preparação para Olimpíadas de Inverno de 2022 continua avançando

A capital chinesa será a primeira cidade a sediar tanto os Jogos Olímpicos de verão quanto os de inverno

Com os Jogos Olímpicos de Inverno em 2022, Pequim se tornará a primeira cidade do mundo a realizar tanto as Olimpíadas de verão quanto as de inverno, e para isso, um grande grupo de pessoas tem se esforçado muito para fazer com que o desenvolvimento olímpico na China avance.

As principais áreas do Parque Olímpico de Pequim, como é o caso do Estádio Nacional (Ninho do Pássaro) e do Centro Aquático Nacional (Cubo d’Água), têm sido os locais de trabalho de Wu Xiaonan, presidente do National Speed Skating Oval de Pequim. Ele afirmou que ainda se lembra de muitos momentos de desafio nos Jogos Olímpicos de 2008, como no primeiro dia de jogo no Centro Nacional de Tênis, alguns jogos foram adiados devido às chuvas. Wu era responsável por organizar a saída ordenada dos espectadores, e era quase 4 da manhã quando os jogos adiados acabaram.

Apesar das dificuldades, ele afirma ter ido às lágrimas quando a atleta chinesa Zhang Juanjuan ganhou a primeira medalha de ouro olímpica da China em arco e flecha, tendo se emocionado ao ouvir os aplausos dos espectadores e o hino nacional chinês.

Graças aos esforços de Wu e da sua equipe, o legado das Olimpíadas de Pequim ainda está vivo, com o Ninho de Pássaro e o Cubo d’Água, que ainda são usados frequentemente para atividades esportivas e exposições. Agora, ele se dedica à construção do National Speed Skating Oval, conhecido como “fita de gelo”, o símbolo da cidade da preparação para as próximas Olimpíadas de Inverno 2022.

Baseando-se na experiência dos Jogos Olímpicos de 2008, Wu continuou a aprender os mais recentes padrões e requisitos e a discutir com especialistas estrangeiros sobre os pontos-chave e os preparativos para os eventos de teste de 2022.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.