Premiê chinês destaca cooperação com países de língua portuguesa

Comércio entre a China e os países lusófonos atingiu US$ 200 bilhões no ano passado

Créditos: Xinhua/Wang Ye

O premiê chinês, Li Keqiang, pediu reforço na relação com os países lusófonos, durante a cerimônia de abertura de uma conferência ministerial especial do Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, também conhecido como Fórum de Macau, no domingo.

O comércio entre a China e os países ultrapassou US$ 100 bilhões por cinco anos consecutivos e atingiu US$ 200 bilhões no ano passado, o que demonstra plenamente a resiliência e o potencial da cooperação, observou Li.

O premiê garantiu que a China fará mais contribuições para salvaguardar a paz mundial e promover o desenvolvimento mútuo e a prosperidade de todos os países junto com os de língua portuguesa e a sociedade internacional.

A China está disposta a aumentar a cooperação em vacinas, medicamentos e saúde e estabelecer um centro de comunicação sobre prevenção de epidemias na Região Administrativa Especial de Macau, disse ele.

Pedindo uma maior liberalização e facilitação do comércio e investimento, Li afirmou que a China está disposta a melhorar a colaboração no avanço da conectividade de infraestrutura, capacidade industrial, conservação de energia e proteção ambiental com os países de língua portuguesa.

Delegados governamentais da China, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, participaram da reunião.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.