Prefeito de Nova York declara estado de emergência devido ao fluxo de imigrantes

Aumento da migração é resultado de novas políticas no Texas

De acordo com a CNN de New York, o prefeito da cidade, Eric Adams, declarou estado de emergência no dia 7 de outubro, enfrentando a recente crise migratória do município.

“Agora estamos numa situação em que mais pessoas estão chegando à cidade do que podemos acomodar imediatamente, incluindo famílias com bebês e crianças pequenas”, declarou ele. Segundo Adams, mais de 17 mil requerentes de asilo foram levados de ônibus, da fronteira sul para a cidade desde abril.

Como parte de sua resposta às políticas migratórias do governo Biden, o governador do Texas, Greg Abbott, anunciou um programa em abril e imigrantes foram processados e liberados pelas autoridades relevantes nas comunidades fronteiriças do Texas.

Adam pediu ajuda federal e estadual para lidar com o fluxo contínuo de requerentes de asilo. O estado de emergência vigorará por 30 dias, podendo ser prorrogado, disse o prefeito.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.