Polícia destrói 107 mil armas ilegais na China

A ação faz parte de uma campanha do governo chinês para combater os crimes relacionados a armas e explosivos

A polícia da China destruiu, no início dessa semana, 107 mil armas ilegais, além de uma grande quantidade de explosivos que foram apreendidos ou entregues voluntariamente para a polícia em 154 cidades do país desde o ano passado.

O Ministério da Segurança Pública lançou em fevereiro de 2018 uma campanha de dois anos para combater os crimes relacionados a armas explosivos, sob a qual a polícia resolveu 16 mil casos e prendeu 17 mil suspeitos envolvidos neste ano.

Entre janeiro e julho deste ano, o número de crimes relacionados a armas e explosivos caiu 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, pelo que informou o ministério. A atividade que aconteceu na segunda-feira foi a segundo do tipo lançada pela pasta depois que a polícia destruiu armas e explosivos ilegais em 146 cidades em setembro de 2018.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.