PIB do Tibete tem alta de 9% no primeiro semestre de 2019

A região foi responsável por um PIB de 68,2 bilhões de yuans e teve a segunda maior taxa de crescimento do país durante o período

O PIB da Região Autônoma do Tibete do primeiro semestre de 2019 totalizou em cerca de 68,2 bilhões de yuans, um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo informações do departamento regional de estatísticas. A taxa de crescimento do PIB da região foi tão boa que deve ficar em segundo lugar no ranking de todo o país.

Nos primeiros seis meses do ano, o valor agregado da indústria primária da região atingiu 4,36 bilhões de yuans, um aumento anual de 3,7%, o da indústria secundária foi de mais de 22,95 bilhões de yuans, uma alta de 10,7%, enquanto o da indústria terciária chegou a cerca de 40,86 bilhões, com 8,7% de crescimento. Segundo Dorje Dradul, vice-diretor do departamento regional de estatísticas, a economia rural e a economia industrial foram os maiores destaques.

Dados oficiais indicam que o valor de produção dos setores de agricultura, silvicultura, pecuária e pesca da região aumentou 4,5%, chegando a 6,22 bilhões de yuans, e que o valor agregado das companhias industriais acima do tamanho designado cresceu 5,1% em comparação ao mesmo período de 2018.

A renda disponível per capita dos residentes do Tibete foi de 7.992 yuans nos primeiros seis meses de 2019, o que representa uma alta de 12,7%, taxa de crescimento maior que a média nacional.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.