Pessoas que chegam a Pequim devem fornecer certificado de teste de ácido nucleico

Novo kit de teste portátil é capaz de confirmar casos de COVID-19 em 45 minutos

Autoridades de Pequim determinaram que, a partir dessa semana, todos os que entrarem na cidade e precisarem ficar em hotéis deverão apresentar um certificado de teste de ácido nucleico realizado nos últimos sete dias, bem como um código de saúde para provar que estão livres do novo coronavírus.

Os hotéis também foram instruídos a realizar triagens de temperatura de seus hóspedes pela manhã e à noite. “A decisão foi tomada, já que Pequim está sob pressão para se proteger contra uma reincidência de transmissões locais, bem como de casos importados da COVID-19”, disse Zhou Weiming, funcionário do Departamento Municipal de Cultura e Turismo de Pequim.

Pesquisadores chineses desenvolveram um novo kit de teste de ácido nucleico para o coronavírus, que pode confirmar casos em 45 minutos em média. Além de rápido, o kit de teste também é pequeno, fácil de transportar e pode ser armazenado em temperaturas normais, tornando-o portátil para testes no local em tempo real.

Aprovado pela Administração Nacional de Produtos Médicos para venda e uso clínico, o kit tem uma taxa de precisão superior a 99%.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.