Pesquisadores chineses descobrem evidências de antiga domesticação de plantas

Foram examinados bambus e palmeiras de 30 mil anos encontrados em caverna no sul da China

A Academia Chinesa de Ciências anunciou a descoberta de novas evidências sobre como os humanos antigos domesticaram plantas selvagens.

Uma escavação liderada por paleontólogos chineses na caverna Yahuai, na região autônoma de Guangxi Zhuang, encontrou restos de plantas de 30 mil anos. Dentre as espécies, estavam bambus, palmeiras e Oryza, um gênero da família das gramíneas à qual o arroz pertence.

Os especialistas então examinaram os fitólitos – corpos microscópicos de sílica que persistem muito depois da decomposição das plantas – e descobriram que os humanos antigos no local usaram e domesticaram diferentes tipos de plantas durante diferentes períodos.

O estudo foi publicado na revista Science China Earth Sciences.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.