Pesquisadores chineses criam dispositivo para inativar coronavírus

A tecnologia será aplicada na desinfecção de embalagens alimentícias

Um grupo de cientistas chineses desenvolveu um conjunto de equipamentos que pode inativar o coronavírus com irradiação de feixe de elétrons.

A tecnologia passou pela revisão de especialistas e será usada para desinfetar embalagens de alimentos de cadeia fria, de acordo com informações reveladas em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira, em Shenzhen.

Estão envolvidos no projeto a China General Nuclear Power Corporation, a Universidade Tsinghua, a Academia Chinesa de Ciências, o Centro Nacional de Pesquisa Clínica de Shenzhen para Doenças Infecciosas e o Terceiro Hospital Popular de Shenzhen.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.