Pesquisadores chineses convertem CO2 em combustível limpo

Uma equipe de cientistas desenvolveu um catalisador com átomos individuais de platina que converte o dióxido de carbono em metanol

Um novo método para converter dióxido de carbono (CO2), que é o principal gás gerador do efeito estufa, em metanol, um combustível líquido limpo, foi desenvolvido por uma equipe de pesquisadores chineses, chefiada por Zeng Jie, da Universidade de Ciência e Tecnologia da China.

Os pesquisadores desenvolveram um catalizador com átomos individuais de platina como matéria-prima, que pode converter efetivamente o dióxido de carbono em metanol sob uma pressão atmosférica de 32 bar e a 150°C. A seletividade do catalizador à base de platina para o metanol é de 90,3%, o que é aproximadamente 10% acima do catalisador de uso comum, com base no cobre, zinco e alumínio.

“O estudo proporciona um novo método para produzir metanol com alta pureza, e ajudará os cientistas a compreender melhor o mecanismo da catálise de um só átomo”, explicou Zeng no estudo, que foi publicado na revista acadêmica Nature Communications.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.