Pesquisa indica que tipo sanguíneo pode influenciar na infecção severa de coronavírus

Pacientes com sangue tipo A teriam mais risco de serem infectados

Um estudo recém-divulgado na New England Journal de Medicine sugere que o tipo sanguíneo pode influenciar na infecção severa de coronavírus.

A análise genética comparou cerca de 2 mil pacientes na Europa com infecção grave da COVID-19 a vários milhares de outras pessoas saudáveis ou que apresentavam apenas sintomas leves ou inexistentes.

Eles descobriram que pessoas com sangue tipo A tinham um risco 45% maior de serem infectadas se comparadas com quem possui outros tipos sanguíneos. Portadores do sangue tipo O tinham apenas 65% de probabilidade de serem infectadas em comparação com os outros.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.