Pesquisa aponta que pacientes com coronavírus podem não ter febre

Portadores da doença podem passar despercebidos se triagem se concentrar em medir temperatura, afirma o estudo

Pesquisadores chineses concluíram que pacientes com COVID-19 podem não apresentar quadro febril. O estudo, publicado no New England Journal of Medicine, se baseou nos dados de 1.099 enfermos internados em hospitais na China.

Cerca de 43,8% dos pacientes analisados estavam com temperaturas corporais anormais quando foram admitidos no hospital. Durante a internação, à medida que a doença se agravou, a taxa subiu para 88,7%.

O artigo tem autoria do renomado especialista chinês em doenças respiratórias, Zhong Nanshan. O estudioso afirma que a ausência de febre na COVID-19 é mais frequente do que nas infecções por SARS-CoV e MERS-CoV, e que os doentes podem passar despercebidos se a triagem se concentrar na detecção da febre.

A idade mediana dos pacientes estudados foi de 47 anos, com um período médio de incubação de quatro dias. A taxa de letalidade dos casos estudados foi de 1,4%, semelhante às estatísticas oficiais nacionais.

O estudo também mostrou que o vírus pode ser detectado no trato gastrointestinal, saliva e urina, recomendando maior adoção de proteção higiênica.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.