Pequim se prepara para Exposição Internacional de Horticultura

O evento, que contará com a presença de 86 países e 24 organizações internacionais, será inaugurada em abril

Os preparativos, tanto internos quanto externos, para a Exibição Internacional de Horticultura, que será realizada no distrito de Yanqing, no norte de Pequim. A Expo de Pequim 2019 acontecerá do dia 29 de abril ao dia 7 de outubro e, segundo o seu comitê organizador, todas as infraestruturas dos 100 jardins internos e ao ar livre deverão ser finalizadas até o final do mês de março.

A exibição contará com a presença de 86 países e 24 organizações internacionais e, segundo Jio Yutong, funcionário do comitê, mais de 30, dos 41 jardins internacionais já foram instalados. “Os países participantes consideram a exibição uma plataforma para a demonstração de seus avanços mais recentes no setor da horticultura e para promover o turismo, assim como fazer intercâmbios horticulturais e agrícolas”, afirmou.

Essa é a segunda vez que a China realiza uma exposição de horticultura de nível tão alto, sendo que a primeira aconteceu em 1999, na cidade de Kunming. A exibição mostrará o cultivo de flores, frutas e hortaliças ao pé da Grande Muralha em Yanqing e os seus visitantes poderão conferir mais de 2.500 atividades culturais.

A floricultura na China vem crescendo e se tornando cada vez mais próspera no decorrer das últimas décadas. Em 1984 a área de cultivo era de aproximadamente 14 mil hectares, enquanto em 2018, o número saltou para cerca de 1,4 milhão de hectares, se tornando a maior do mundo. Nesse mesmo período as vendas foram de 600 milhões de yuans para 153,3 bilhões de yuans.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.