Pequim lança padrões para a proteção de seus quarteirões históricos

Com foco no centro da capital chinesa, as normas serão aplicadas a 33 quarteirões históricos, que ocupam uma área de 20,6 km²

Uma série de padrões para a proteção e renovação das ruas de Pequim foi lançada na última semana pela Comissão Municipal de Planejamento e Recursos Naturais da capital chinesa. O foco principal desses padrões está no centro da cidade e os critérios serão aplicados a 33 quarteirões históricos, cobrindo uma área de 20,6 km², incluindo destinos turísticos como Shichahai, Dashilan e Nanluoguxiang.

De acordo com essas normas, a linha do horizonte, características morfológicas inteiras e as principais cores predominantes nos quarteirões estão entre as coisas que devem estar sob proteção, assim como o panorama e os corredores dos quarteirões históricos. Esses padrões também servem para as ruas, estrutura populacional, cultura tradicional e patrimônio cultural imaterial nas quadras sob proteção.

De acordo com a nova regra, as construções que discordarem da paisagem tradicional, as construções ilegais e a utilização errada do espaço subterrâneo devem ser retificadas nesses locais. Os novos planos de design não devem afetar o visual tradicional dos blocos e ruas históricas, apesar de instalações modernas serem incentivadas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.