Pequim cria telefones de ajuda psicológica após surto de coronavírus

Mais de 600 especialistas em aconselhamento participam do serviço

Pequim abriu quatro linhas diretas de aconselhamento psicológico para ajudar a aliviar o estresse emocional causado pela epidemia do novo coronavírus. Os telefones são voltados para chineses que residem no exterior.

O Departamento de Trabalho da Frente Unida do Comitê Municipal de Pequim do Partido Comunista da China se associou com quatro universidades na capital para lançar o serviço, convidando mais de 600 especialistas em aconselhamento psicológico a participar. As linhas diretas têm um total de 60 postos de aconselhamento por telefone.

O departamento revelou que os especialistas estão familiarizados com o trabalho de prevenção de epidemias na China e muitos deles têm a experiência de estudar e trabalhar no exterior. Eles são capazes de fornecer aconselhamento psicológico e de política para os chineses no exterior em resposta a suas perguntas sobre a prevenção e o controle do coronavírus.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.