Pequim constrói 4,3 mil estações base de 5G em suas principais regiões

Áreas como a do novo aeroporto, da Exposição Internacional de Horticultura e dos locais de teste para as Olimpíadas de Inverno já receberam acesso a serviços pré-comerciais de 5G

A cidade de Pequim já construiu 4.300 estações-base de 5G nas áreas urbanas e prédios importantes da capital da China, segundo informações divulgadas pelo Beijing Youth Daily. Até o final do mês de maio, o município já havia lançado serviços pré-comerciais de 5G em áreas administrativas do subcentro, no novo aeroporto, na Exposição Internacional de Horticultura, em locais de teste para as Olimpíadas de Inverno de 2022, na Praça da Paz Celestial (Tiananmen) e na principal via da cidade, a Avenida Chang’an.

Até 2021, as zonas essenciais, incluindo o distrito comercial central, centros de inovação e área de desenvolvimento econômico e tecnológico, irão ter acesso aos serviços de rede 5G, pelo que revelou o jornal citando o departamento municipal de comunicação. Até o final do mês passado, Pequim já tinha entregue 5.983 estações-base de 5G para três operadoras de telecomunicações.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.