Pequim aumentará a capacidade diária de testes de ácido nucleico para mais de 50 mil

Instituições terceirizadas serão incentivadas a realizar o teste

Pequim deve aumentar nas próximas semanas sua capacidade de teste de ácido nucleico para o novo coronavírus. A comissão municipal de saúde anunciou que serão feitos mais de 50 mil testes por dia.

“A capital incentivará e guiará instituições terceirizadas qualificadas para realizar testes de ácido nucleico, e aquelas que já possuem capacidades de teste devem melhorar ainda mais o treinamento de pessoal e otimizar os procedimentos”, disse Gao Xiaojun, porta-voz da comissão.

“Após o ajuste, as autoridades locais de todos os níveis continuarão a promover o trabalho de prevenção e controle regularmente”, afirmou Gao.

Todos os pacientes com COVID-19 e os contatos próximos, pacientes ambulatoriais com febre e pacientes com necessidade urgente de hospitalização devem ser submetidos aos testes de ácido nucleico na capital chinesa.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.