Pequim apresenta melhora contínua na qualidade do ar

Durante os primeiros dez meses do ano a concentração média de PM 2,5 foi de 41 µg/m³ e a cidade passou 190 dias livre de smog

A qualidade do ar em Pequim continua a apresentar melhora em relação a 2018, com uma redução das concentrações dos principais poluentes, pelo que mostrou o último índice publicado pelo Departamento Municipal de Ecologia e Ambiente da capital chinesa. Segundo os dados, a concentração média de PM 2,5 em outubro foi de 40 µg/m³, enquanto a concentração média nos primeiros dez meses foi de 41 µg/m³.

Entre os meses de janeiro e outubro, foram registrados 190 dias livres de smog, o que é equivalente a 62,5% do tempo, e apenas três dias de grave poluição atmosférica, em comparação com os nove dias registrados no mesmo período no ano passado. Nesse período de tempo, a cidade declarou 38,5 mil caminhões a diesel obsoletos e realizou inspeções de estrada a 2,4 milhões de veículos pesados que utilizam esse combustível, para comprovar seus níveis de emissões.

Desde o início do ano, Pequim ativou mais de 2,6 mil sistemas de monitoramento por vídeo online para observar a poeira em locais de construção. As autoridades administraram 24 mil casos por suspeita de violações dos requerimentos de não gerar pó de construção, um aumento de 37,3% em relação com o mesmo período do ano passado, segundo o departamento.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.