Parque industrial de fitoterápicos entra em operação na China

Região tem capacidade para produzir 165 mil ton de medicamentos anualmente

Um parque industrial para o processamento de medicamentos com base em ervas importadas da Rússia começou a funcionar recentemente na Zona de Livre Comércio Piloto de Heilongjiang, na China.

Com um investimento de 339 milhões de yuans, cerca de US$51,46 milhões, as seis empresas registradas no parque tem capacidade para produzir 165 mil ton anuais de ervas medicinais.

Uma nova política permite que medicamentos fitoterápicos importados do país vizinho sejam processados e vendidos diretamente na região. Com isso, os custos das empresas são reduzidos.

A Zona de Livre Comércio Piloto tem colocado em prática uma série de medidas para atrair empresas, como o desenvolvimento do comércio online, a melhoria do ambiente de negócios e a redução de custos para empresas de comércio exterior.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.