Para presidente do banco central da China, país segue “política monetária prudente”

Yi Gang anunciou que banco continuará oferecendo apoio sustentado às micro e pequenas empresas

O presidente do banco central da China, Yi Gang, declarou na última quarta-feira que o país “continuará seguindo uma política monetária prudente e políticas financeiras que têm se provado efetivas para mitigar os choques econômicos provocados pela COVID-19”.

De acordo com Yi, a política monetária do país foi oportuna e efetiva na resposta ao surto do novo coronavírus e tem o objetivo de facilitar melhor o desenvolvimento econômico de alta qualidade. Ele anunciou que o banco continuará oferecendo apoio sustentado às micro e pequenas empresas e ao mercado de emprego.

“O banco central buscará uma política monetária prudente que seja mais flexível, apropriada e direcionada, enquanto atinge um equilíbrio entre estabilizar o crescimento e evitar os riscos”, indicou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.