Para evitar divórcios, China decide instituir conselhos pré-matrimoniais

Nas últimas duas décadas, país asiático registrou aumento significativo de separações

Após presenciar um aumento significativo de divórcios nas últimas duas décadas, o governo da China decidiu instituir conselhos pré-matrimoniais para casais em potencial.

Conforme divulgado pelo Ministério de Assuntos Civis, em 2019, o país registrou 4,15 milhões de divórcios, contra 1,3 milhão em 2003.

Uma diretiva publicada nesta semana pela pasta e pela Federação das Mulheres Chinesas instrui os serviços de registro de casamento a oferecer aconselhamentos aos casais para evitar possíveis conflitos familiares, em uma tentativa de reverter a tendência das separações.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.