Para chanceler chinês, China e EUA devem se unir no combate à COVID-19

“Ambos os países devem seguir as expectativas da sociedade global de participar e promover a cooperação multilateral”, afirmou o ministro das Relações Exteriores

Wang Yi, conselheiro de Estado e ministro das Relações Exteriores da China, declarou neste domingo que o país está se preparando para uma luta de longo prazo contra o novo coronavírus. Para ele, é hora da China e dos Estados Unidos se unirem no combate à doença.

“Os dois países devem começar o mais cedo possível a coordenar e se comunicar sobre as macropolíticas para mitigar o impacto da COVID-19 em suas economias e na economia mundial”, afirmou Wang.

Para o ministro, as duas nações devem compartilhar experiências de luta epidêmica e aprender uma com a outra para impulsionar as respectivas respostas.

“Ambos os países devem seguir as expectativas da sociedade global de participar e promover a cooperação multilateral contra a COVID-19 e desempenhar um papel positivo na resposta global”, disse.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.