Panda gigante tem gêmeos pela segunda vez em Shaanxi, na China

Qinqin é o primeiro panda gigante criado totalmente em cativeiro

Créditos: Centro de Pesquisa do Panda Gigante de Qingling/Xinhua

Uma panda deu à luz um casal de gêmeos em uma base de reprodução na Província de Shaanxi, no noroeste da China. Qinqin teve os filhotes na terça-feira no Centro de Pesquisa do Panda Gigante de Qinling, informou o centro.

O macho pesava 176,4 gramas, e a fêmea, 151,2 gramas; todos estão em boas condições. Esse foi o segundo parto de Qinqin. Nascida no centro em 2013, ela é o primeiro panda gigante criado totalmente em cativeiro em Shaanxi e deu à luz gêmeas em 22 de agosto de 2020.

Esse também foi o segundo par de gêmeos nascidos no centro este ano. Em 11 de agosto, Yongyong deu à luz dois machos, de 150,4 e 134,5 gramas. A Qinling é uma subespécie de panda gigante reconhecida pela primeira vez em 2005. Ela tem um crânio menor e mais arredondado, focinho mais curto e menos pelo do que a mais familiar subespécie Sichuan.

Shaanxi começou a criar pandas gigantes Qinling em cativeiro na década de 1980 e estabeleceu uma madura tecnologia de criação. Até agora, 36 filhotes nasceram na província.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.