Países do BRICS se comprometem a acelerar cooperação cultural

O documento assinado pelos países prevê a cooperação em áreas como moda, cultura e animação

Os países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) assinaram uma declaração para acelerar a cooperação em áreas culturais. Após diversos meses de consultas entre os países, os ministros da Cultura desses países assinaram o documento na cidade de Johannesburgo, na África do Sul, se comprometendo a cooperar em áreas como moda, cultura e animação. Nathi Mthethwa, ministro de Artes e Cultura da África do Sul, pediu que a implementação dessa declaração seja rápida.

“Essa declaração é um sinal claro de onde queremos ir e áreas em que devemos enfatizar e medidas práticas que devemos tomar. A cooperação cultural deve ser o meio de nosso compromisso. Temos de nos engajar nisso continuamente”, afirmou Mthethwa.

Os ministros ainda concordaram em desenvolver o Novo Banco de Desenvolvimento no financiamento de programas das indústrias cultural e criativa. Eles endossaram o estabelecimento do grupo de trabalho cultural do BRICS, que é formado por altos funcionários dos cinco países, para promover a cooperação entre pessoas e incentivar a cooperação na indústria criativa.

“Temos que agir com rapidez e instruir o grupo para começar o trabalho. A diplomacia cultural precisa ser acelerada e isso não deve ser restrito às salas de reuniões, mas deve ir para as pessoas”, segundo Mthethwa. Ele acrescentou que o BRICS trouxe esperança para o povo e precisa ser sustentado para fazer com que a governança política e econômica e a 4ª revolução industrial tenham um papel central na cultura, com os países também cooperando para digitalizar o setor.

Xiang Zhaolun, vice-ministro da Cultura e Turismo da China, afirmou que a cultura é parte vital na cooperação do BRICS e que isso melhorará o entendimento entre os países do bloco e aumentará os benefícios turísticos e econômicos. Os ministros ainda apoiaram as colaborações entre instituições, incluindo a cooperação na Aliança BRICS de Museus de Arte e Galerias.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.