Ovos de 2.500 anos são desencavados de uma tumba na China

Eles foram encontrados junto de outros recipientes de cerâmica, fogões e placas, num túmulo na cidade de Changzhou

Arqueólogos chineses descobriram recentemente um pote de ovos em um túmulo datado de cerca de 2.500 em Changzhou, na província de Jiangsu. Segundo o relatório, os ovos foram encontrados um pote de barro, junto de outros recipientes de cerâmica, fogões e placas, em um túmulo na vila de Shangyang.

Ao contrário de escavações semelhantes, os ovos desenterrados encontravam-se separados uns dos outros, o que fez com que os especialistas conseguissem limpá-los com maior facilidade, pelo que disse Lin Ligen, chefe do Instituto de Arqueologia do Museu de Nanquim.

Agora o pote de ovos será colocado em condições de temperatura e umidade estáveis para que se possa fazer um estudo mais aprofundado. Ainda não se sabe se os ovos são de galinhas domésticas ou de faisões.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.