Operadoras chinesas de telecomunicações já investiram 400 bilhões de yuans em 5G

Dados foram revelados durante a Convenção Mundial de 5G de 2022, que começou quarta-feira em Harbin

Créditos: Xinhua/Zhang Tao

As operadoras chinesas de telecomunicações investiram conjuntamente 401,6 bilhões de yuans (US$ 59,4 bilhões) em 5G, de acordo com a Convenção Mundial de 5G de 2022 que começou quarta-feira em Harbin, capital da Província de Heilongjiang, no nordeste da China.

A China tem cerca de 1,85 milhão de estações base 5G e mais de 450 milhões de usuários finais de 5G, ambos representando mais de 60% do total global, segundo dados apresentados na conferência.

De acordo com Liu Liehong, presidente da China United Network Communications Group, a aplicação acelerada da tecnologia 5G levou ao surgimento de novas indústrias e de novos modelos de negócios. “Várias empresas chinesas estão atualmente liderando o mundo em P&D e aplicações 5G”, disse Liu.

“A construção do 5G na China garantiu avanços notáveis. Ela fez progressos significativos nos campos da internet industrial, de cidades inteligentes e de aldeias inteligentes”, disse Wu Hequan, um acadêmico da Academia Chinesa de Engenharia.

Com o tema “5G+ Por Todos Para Todos”, a convenção de três dias tem como objetivo reunir as mais recentes conquistas mundiais no desenvolvimento de 5G e construir uma plataforma internacional de cooperação tecnológica e industrial. A primeira sessão deste evento foi realizada em Pequim, em 2019.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.