Número de nascimentos na China cai em 2020

Taxa de natalidade foi a menor desde a fundação da República Popular

O Ministério da Segurança Pública chinês divulgou, nesta segunda-feira, que foram registrados 10,04 milhões de nascimentos em 2020, 14,8% a menos do que no ano anterior. Destes, 52,7% são meninos e 47,3% meninas. Foi a taxa de natalidade mais baixa desde a fundação da República Popular, em 1949.

Os nascimentos totais de 2019 foram 14,65 milhões. Esse dado de 2020 ainda não foi divulgado e deve ser maior do que o número de recém nascidos registrados, já que nem todos os pais registram o filho imediatamente.

Em novembro, a China lançou seu primeiro senso para avaliar o efeito do fim da política do filho único, em 2016. A análise dos resultados deve durar dois anos.

De acordo com estimativas do governo, o censo deve apontar uma população de 1,42 bilhão de habitantes.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.