Número de moradores permanentes de Pequim diminui pela primeira vez em 20 anos

Capital chinesa busca limitar sua população para controlar problemas como engarrafamentos e poluição

Pela primeira vez em duas décadas, o número de moradores permanentes em Pequim teve uma redução, de acordo com dados oficiais divulgados pelo Comitê Permanente da Assembleia Popular Municipal de Pequim. O número correspondente ao ano de 2017 foi de aproximadamente 21,71 milhões, tendo 22 mil moradores a menos do que em 2016.

O relatório do comitê mostra que o número de moradores permanentes continua diminuindo nos seis distritos urbanos da cidade. Em 2016 e 2017, Pequim teve uma queda de 3% no número de moradores permanentes em seus seis distritos. A capital chinesa tem o plano de limitar a sua população como uma das maneiras de solucionar o que chama de “doenças das grandes cidades”, como os engarrafamentos e a poluição.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.