Novo trem na China facilitará importação de celulose brasileira

O serviço opera no novo Corredor Internacional de Comércio Terrestre-Marítimo

Um serviço especial de trem de carga foi lançado no sudoeste da China, segundo autoridades locais. A locomotiva vai facilitar a importação de celulose de papel brasileira.

O trem permite que o material partindo do Porto de Paranaguá, no Paraná, chegue à cidade de Chongqing em cerca de 40 dias, 20 dias a menos do que a rota anterior, que passa pelo leste da China.

“O novo serviço reduzirá significativamente a duração logística e melhorará a competitividade do mercado da celulose de papel importada”, disse Chen Feng, gerente geral do centro de marketing da Cosco Shipping Specialized Carriers, organizadora do frete.

O trem de carga opera no novo Corredor Internacional de Comércio Terrestre-Marítimo, uma passagem comercial e logística construída por Cingapura e províncias do oeste da China. Os bens podem ser transportados primeiro para o Golfo de Beibu, no sul do país asiático, por rotas marítimas, antes de chegar à região ocidental.

Mais de 7 mil trens de carga percorreram a rota de transporte ferroviário-marítimo do corredor de setembro de 2017 a 31 de dezembro de 2020.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.