Novo aeroporto de Pequim tem sucesso em seu primeiro teste em grande escala

Com quase seis horas de duração, o teste envolveu mais de seis mil participantes e serve para avaliar a prontidão operacional do aeroporto

O Aeroporto Internacional de Pequim Daxing realizou com sucesso o seu primeiro teste em grande escala para avaliar a prontidão operacional e resolveu possíveis problemas na última semana. Com quase 6 horas de duração, o teste envolveu mais de 6 mil participantes.

Com início às 8h30 da manhã, o teste trouxe 182 passageiros simulados, que chegaram às salas de embarque com a mesma quantidade de bagagem. Dez portões de embarque, 35 balcões para registro de passageiros, 16 tapetes para bagagens e 8 linhas de segurança foram colocados em serviço, além das salas Noroeste e Nordeste do Terminal.

O novo aeroporto, que deverá entrar em operação até o dia 30 de setembro, ainda passará por mais cinco testes importantes nas próximas semanas. No total serão realizados 787 testes, que incluirão 500 voos, e viagens simuladas de 51.984 passageiros e 35.270 malas.

Localizado a 46 km ao sul do centro de Pequim, o aeroporto foi projetado para aliviar a pressão do já saturado Aeroporto Internacional de Pequim Capital, localizado no nordeste da cidade. Ele será um dos principais centros de tráfego aéreo da China e apoiara o crescimento do país para se tornar o maior mercado de aviação civil do mundo, o que está previsto para acontecer em meados de 2020.

Espera-se que o novo terminal atenda, em 2025, 72 milhões de passageiros, e que o número suba para 100 milhões até 2040, quando poderá ultrapassar o Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, em Atlanta, nos EUA, se tornando o maior aeroporto do mundo em número de passageiros.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.