Nova fábrica de baterias chinesas de veículos elétricos inicia operações na Hungria

NIO fornecerá estações de troca de baterias para toda a sua rede europeia

Átila Volgyi/Xinhua

A fabricante chinesa de veículos elétricos (EV) NIO comemorou o envio da primeira estação de troca de baterias produzida pela NIO Power Europe Plant, a primeira fábrica da empresa no exterior, para a Alemanha. “Demorou apenas sete semanas a partir de 29 de julho, quando anunciamos o início da produção. Isso é realmente notável”, disse Qin Lihong, cofundador e presidente da NIO.

A NIO fornecerá estações de troca de baterias para toda a sua rede europeia a partir da nova fábrica de 10 mil metros quadrados localizada em Biatorbagy, 20 km a oeste de Budapeste.

Qin disse que a nova instalação de classe mundial apoiará o compromisso da NIO de instalar mil estações de troca de baterias fora da China até 2025. Também será um centro pioneiro de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para a NIO Power Europe e servirá como centro de treinamento, operações e centro de manutenção

Qin disse que o ambiente inclusivo e positivo do país anfitrião Hungria para investimento e cooperação garantiu o bom funcionamento da nova fábrica. A Hungria se tornou um atuante importante na fabricação de baterias, disse Tamas Menczer, secretário de Estado para relações bilaterais do Ministério de Relações Exteriores e Comércio do país.

Menczer também disse que o país também se tornou líder na “nova era automotiva”. Atualmente, 20 assentamentos na Hungria abrigam fábricas de baterias construídas principalmente por investidores asiáticos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.