Navio FPSO de fabricação chinesa chega às águas do Brasil

Embarcação foi colocada em operação em um campo de petróleo da Petrobras

Um navio flutuante de produção, armazenamento e descarga (FPSO), recém-reformado e construído por uma empresa chinesa, foi colocado em operação em um campo de petróleo operado pela Petrobras.

A embarcação foi modificada pela Dalian COSCO Shipping Heavy Industry a partir do maquinário de um superpetroleiro VLCC de 300 mil toneladas.

Agora, o FPSO é capaz de trabalhar a 2,2 mil metros abaixo da superfície com processamento diário de petróleo bruto a 28,6 mil metros cúbicos, 6 milhões de metros cúbicos de gás natural e produção de água de 24 mil metros cúbicos.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.