Navio de rastreamento espacial da China parte para missões de monitoramento

Tecnologia promove comunicação para satélites, espaçonaves e estações espaciais

Foto aérea mostra o navio de rastreamento de naves espaciais da China Yuanwang-3 navegando no sul do Oceano Pacífico, em 21 de junho de 2019. (Xinhua/Li Yuze)

Créditos: Xinhua/Li Yuze

O navio de rastreamento espacial chinês Yuanwang-3 partiu na manhã de segunda-feira para missões de monitoramento de seu porto de origem, de acordo com o China Science Daily.

A embarcação está pronta para novas missões, já que os técnicos concluíram revisão e teste de equipamentos de rastreamento e monitoramento a bordo e realizaram exercícios de operação.

Em 2022, o Yuanwang-3 navegou por mais de 70 dias e completou três missões, incluindo o rastreamento e o monitoramento do lançamento da nave tripulada Shenzhou-14. Também se tornou o primeiro navio da frota chinesa Yuanwang a abraçar sua 100ª missão.

O navio de rastreamento espacial chinês é de segunda geração. Ele realiza principalmente missões marítimas de rastreamento, monitoramento e comunicação para satélites, espaçonaves e estações espaciais. E empreendeu mais de 100 missões marítimas de rastreamento e monitoramento, incluindo para naves espaciais Shenzhou, sondas lunares Chang’e e satélites BeiDou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.