Navio de pesquisa chinês explora montanhas submarinas

Os cientistas pretendem pesquisar a diversidade biológica, os ecossistemas e a distribuição da vida marinha das montanhas da Fossa das Marianas

Foi iniciada no início desta semana a exploração de uma série de montanhas submarinas ao sul da Fossa das Marianas, ponto mais profundo do planeta. A exploração está sendo feita pelo navio de pesquisa chinês Kexue, e o veículo operado remotamente, Discovery, submergiu para coletar vídeos, informações e amostras de uma pequena montanha submarina no sudoeste da área alvo na segunda-feira.

Os cientistas planejam pesquisar quatro montanhas submarinas na região, abrangendo parte da Cordilheira de Caroline no oeste do Oceano Pacífico. A maior delas, a Montanha Submarina de Caroline, já foi explorada pelo Kexue em 2017, de acordo com Xu Kuidong, cientista-chefe a bordo do navio e pesquisador da Academia Chinesa de Ciências (ACC). “As outras três montanhas submarinas nunca foram exploradas e seus picos se localizam a aproximadamente 800 m abaixo do nível do mar”.

O cientista ainda disse que eles pretendem focar na diversidade biológica, ecossistemas e distribuição da vida marinha das quatro montanhas submersas, para tentar identificar as diferenças e os fatores determinantes locais. O Kexue, que partiu de Qingdao em 18 de maio, vai realizar uma missão de pesquisa de 20 dias e deve retornar para Xiamen, na província de Fujian, em 23 de junho.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.